Os 30 Melhores Jogos de PS1

O primeiro Playstation foi lançado em 1994. Até hoje, ele é o quarto console mais vendido do mundo. No entanto, não é necessário saber sobre essa informação para afirmar que se trata de um dos maiores consoles da história. Não mesmo! Basta olharmos para nossas próprias memórias. Quem viveu essa época sabe do que estou falando. Os “gamers veteranos” sabem que alguns dos melhores jogos de PS1 são também alguns dos melhores jogos de toda a história dos games.

Por isso, hoje eu resolvi criar um post mais complexo… Tudo começou quando eu estava revirando umas caixas com coisas antigas aqui em casa. Em algumas dessas caixas encontrei mais de 300 CDs de PS1. E claro, rapidamente fui tomado pela nostalgia. Minha coleção estava recheada de clássicos. Aliás, quase chorei quando encontrei a versão japonesa do lendário Tales of Phantasia, que eu comprei por R$ 1,50 na época.

Enfim, o fato é que aquelas caixas cheias de jogos e boas lembranças acabaram me dando a inspiração necessária para propor uma lista com os 30 melhores jogos de PS1. O curioso é que, mesmo superando os “top 10”, que costumo fazer, ficou difícil escolher os títulos que marcariam presença na lista. Então, peço que, por favor, comece a se preparar. A partir de agora, a era do PS1 será revivida por aqui, em toda a sua glória e esplendor… Aperte o open, coloque o disco, feche a tampa e pressione o power, pois agora vamos começar!

Dino Crisis

Dino Crisis é um dos games que vêm figurando na lista de remakes mais desejados dos jogadores. E isso não é sem motivos. Lançado em 1999, pela Capcom, o game foi considerado, em um primeiro momento, um Resident Evil com dinossauros.

Todavia, não demorou muito até que o game criado por Shinji Mikami (criador de Resident Evil) conquistasse os seus próprios fãs. Regina, a heroína, levou todos para conflitos contra dinossauros mortíferos em uma ilha isolada. Resumindo, esse é um clássico perfeito para abrir a nossa lista com os melhores jogos de PS1.

Silent Hill

Já que iniciamos com um game do gênero survival horror, nada melhor do que continuarmos com essa “pegada”. Nesse caso, para mim, não houve game mais “horror” do que o primeiro Silent Hill, lançado em 1999, pela Konami.

É impossível não sentir aquela pontinha de desespero ao andar pelas ruas cheias de neblina da maldita cidade fantasma. A busca de Harry Mason por sua filha deixou muitos players intrigados e marcou a memória de todos. Depois, as revelações da história deixaram todos ainda mais perplexos. Coisa de louco!

Resident Evil 2

Basta ver o sucesso estrondoso do remake de Resident Evil 2 para saber que estamos falando de um grande clássico. A aventura original foi lançada em 1998, pela Capcom, e representou uma grande evolução em relação ao seu antecessor, que já havia sido incrível.

No game, Leon e Claire dividem as atenções e protagonizam momentos surreais enquanto fazem de tudo para sobreviver em Raccoon City. A cidade está infestada de zumbis, temos a corporação Umbrella agindo por trás das cortinas e cenas épicas. Bem, o remake está aí para nos lembrar de como esse jogo foi incrível.

Castlevania: Symphony Of The Night

Lançado em 1997, pela Konami, Castlevania: Symphony Of The Night é um dos jogos mais influentes da era do PS1. Apesar de ser o 13º título da franquia Castlevania, o game conseguiu marcar a história do games de uma forma incrível.

A saga de Alucard, dentro do castelo do Drácula, ainda é reverenciada por muitos jogadores. O castelo era um verdadeiro labirinto, e completar todos os mapas era um desafio e tanto. Além de tudo isso, as criaturas horrendas que estavam sempre à espreita garantiram uma grande dose de adrenalina.

Mega Man X4

A série Mega Man X fez tanto sucesso que até hoje é cultuada pelos fãs. Tendo oito títulos (alguns melhores do que os outros), a franquia passou pelo PS1 com o lendário Mega Man X4, lançado em 1997, pela Capcom.

Na aventura, os jogadores podiam escolher entre X e Zero. Essa escolha influenciava a forma como os desafios surgiam e, claro, a história. No mais, tínhamos o padrão clássico da franquia, com obstáculos, saltos improváveis e muitos inimigos. Um clássico em todos os sentidos e uma presença marcante entre os melhores jogos de PS1.

Legacy Of Kain: Soul Reaver

Legacy Of Kain: Soul Reaver é mais um game icônico e um dos melhores jogos de PS1. Lançado em 1999, pela Eidos Interactive, o game apresentou uma continuação para a história iniciada em Blood Omen: Legacy of Kain.

Com um enredo pesado, envolvendo o mundo dos mortos e um protagonista desfigurado, o jogo encantou muitos players com seus cenários góticos e sua ação desafiadora. Até o hoje essa história permanece em aberto e muitos aguardam por uma conclusão.

Crash Bandicoot 3

Em 1998, Crash Bandicoot 3, lançado pela Sony, surgiu para apresentar uma versão definitiva para as aventuras de um marsupial que se tornou um dos símbolos do PS1. Após duas aventuras incríveis, o terceiro título arrematou uma trilogia insana (ou N-sane).

O jogo era desafiador e os perfeccionistas não puderam descansar até conseguir todas as caixas e diamantes de cada fase. O game foi uma verdadeira viagem no tempo e seus personagens eram cativantes o suficiente para colocar esse título na nossa lista dos 30 melhores jogos de PS1.

Crash Team Racing

Como tocamos no nome dessa lenda, nada melhor do que relembrarmos também o lendário Crash Team Racing (que já tem um remake a caminho). Lançado em 1999, pela Sony, o game tratou de reunir os personagens da franquia, colocando-os em corridas emocionantes.

Mesmo seguindo uma linha Mario Kart, Crash Team Racing conseguiu ter um estilo próprio e garantir horas de diversão para muitos jogadores. As corridas eram desafiadoras, os personagens eram engraçados, o universo estava em perigo… Enfim, uma ideia muito bem executada.

Vagrant Story

Na minha humilde opinião, Vagrant Story é um dos jogos mais geniais já laçados. O problema é que o game, lançado pela Squaresoft (agora Square Enix), chegou no ano 2000, ano em que o PS2 chegou para fazer história. Isto é, esse jogo não deu sorte.

De todo modo, Vagrant Story foi uma aventura intrigante e extremamente sombria. Combinando puzzles e elementos de RPG de uma forma majestosa, o game encantou com seu sistema de combates e suas infinitas customizações. Esse foi um dos melhores jogos de PS1 e um verdadeiro merecedor de um remake.

Front Mission 3

Já que tocamos no nome da Square, podemos incluir na nossa lista de melhores jogos de PS1, o lendário Front Mission 3. O game foi lançado em 2000 e foi o primeiro jogo da franquia a ter uma versão em inglês.

Como não poderia deixar de ser, essa aventura se tornou uma das favoritas entre os fãs de RPGs táticos. Reunindo robôs gigantes (que podiam ser customizados) e um cenário cheio de conflitos, o game chamou atenção por sua história séria e suas missões desafiadoras.

Tekken 3

Ultrapassamos o “top 10” e, como você já deve ter percebido, ainda temos muitas lendas para incluir na nossa lista de melhores jogos do PS1. Agora, vamos falar sobre Tekken 3. Lançado em 1997, pela Namco, o game ajudou a consolidar a franquia como uma das maiores entre os jogos de luta.

Reciclando personagens clássicos e apresentando novos lutadores, Tekken 3 conseguiu se tornar uma “versão definitiva” para o PS1. A jogabilidade era excelente e as lutas eram emocionantes.

Metal Gear Solid

Metal Gear Solid foi uma verdadeira revolução. Lançado em 1998, pela Konami, o game criado pelo gênio Hideo Kojima conseguiu encantar os fãs. A aventura era tática, dinâmica, inteligente, envolvente… e a história era algo digno dos cinemas.

Metal Gear é, sem dúvidas, uma das franquias mais importantes da história dos games. Nos consoles seguintes, os gráficos mais poderosos ajudaram a deixar tudo mais cinematográfico, mas o primeiro título ainda é considerado um dos mais geniais.

Syphon Filter

Continuando com a nossa lista dos 30 melhores jogos de PS1, temos Syphon Filter. Lançado em 1999, pela 989 Studios, a aventura colocava os jogadores no comando do agente Gabriel Logan, que lutava contra terroristas e um vírus mortal.

Misturando momentos de tiroteios insanos, com momentos “stealth”, o game conseguia envolver os jogadores e desafiá-los com suas missões complexas. A grande quantidade de armas e cenários deixava o título ainda mais interessante.

Tomb Raider 2

Lara Croft e Tomb Raider acabaram se tornando nomes tão populares graças ao PS1. No console, a heroína e a franquia brilharam ao máximo, ganhando muitos fãs em sua trajetória de sucesso. Dentre os títulos lançados no console, Tomb Raider II, que chegou em 1997, graças à Eidos Interactive, foi um dos destaques.

Apesar de manter as principais características do primeiro jogo, Tomb Raider II foi uma evolução, trazendo novas armas, novos movimentos, fases maiores, mais inimigos e desafios espetaculares. Em suma, a aventura, que se centrava na busca pela Adaga de Xian, foi uma das melhores!

Spider Man

Em 2018, Marvel’s Spider-Man, jogo exclusivo do PS4, se posicionou como o melhor jogo do Homem-Aranha em toda a história dos games. Contudo, em 2000, Spider-Man, lançado pela Activision, foi considerado o melhor jogo do herói aracnídeo até então.

O game foi uma verdadeira homenagem aos quadrinhos, apresentando roupas alternativas do herói, aliados e muitos vilões clássicos. O gameplay era movimentado e a ação estava por todos os cantos. Certamente, um dos melhores jogos de PS1.

Tony Hawk’s Pro Skater

Já que falamos do game Spider-Man (que pegou emprestada a engine desse game), temos que falar do lendário Tony Hawk’s Pro Skater. Lançado em 1999, pela Activision, o game foi o responsável por deixar os skates ainda mais populares aqui no Brasil.

O curioso é que o jogo ia muito além de fazer manobras e essa ideia foi crucial para o sucesso do título. Os desafios em cada fase eram complicados, mas instigavam os jogadores a sempre tentar novamente. No plano de fundo, a incrível trilha sonora ditava o tom de um jogo inesquecível.

Driver

Quando chegou no PS1, Driver (lançado em 2000, pela Infogrames e GT Interactive) deixou todos encantados. A fase inicial, que acontecia em um estacionamento, deixava claro que o game seria diferenciado.

Nessa aventura, os jogadores assumiam o controle de um policial disfarçado, que utilizava suas habilidades no volante para conquistar a confiança dos sindicatos criminosos. A história era incrível, havia muitos carros, muitas missões e motivos de sobra para colocar esse game entre os melhores jogos do PS1.

Chrono Cross

Criado com o intuito de ser uma continuação para o lendário Chrono Trigger, Chrono Cross chegou ao PS1 em 1999, graças à Squaresoft. Bem, a aventura tinha suas ligações com Chrono Trigger, mas se posicionou como uma sequência independente, apresentando um incrível conceito de universos paralelos.

Chrono Cross era um resumo perfeito de toda a expertise da Square para criar RPGs. O sistema de batalhas era excelente, os personagens eram interessantes e a história… sem dúvidas, umas das melhores de todos os tempos. Algumas pendências ainda ficaram e, por isso, muitos fãs sonham com um terceiro título dessa “franquia”.

Need For Speed

Need for Speed foi um dos primeiros títulos do PS1. No futuro, a franquia se transformaria em um filme e ainda receberia outros games lendários, mas foi em 1994 que a Eletronic Arts começou a escrever essa bela história.

Em relação aos jogos que vieram depois, no próprio PS1, Need for Speed era muito limitado. Porém, o game surgiu como um ícone que representava o salto da era 16-bits para a era 32-bits e esse papel marcante na história posiciona o game como um dos melhores jogos do console.

Bust a Move

Conhecido como Bust a Groove na versão em inglês, Bust a Move foi um dos primeiros jogos a misturar música com videogames. Lançado em 1998, pela Enix, o game alcançou um status cult ao longo dos anos e conseguiu estabelecer uma base para os “jogos musicais” que vieram depois.

A ideia de Bust a Move era genial. Dois dançarinos competindo para ver quem fazia os combos mais irados. Os passos de dança foram baseados em modelos reais e as músicas eram incríveis. Esse jogo fez muita gente treinar e aperfeiçoar a noção de ritmo. Essa “balada” foi inesquecível.

Breath Of Fire IV

No PS1, Breath of Fire, a lendária franquia da Capcom, já havia feito história com Breath of Fire III. Entretanto, em 2000, Breath Of Fire IV surgiu para dar uma nova cara a essa lenda dos RPGs.

Com uma bela história e gráficos extremamente originais, o game encantou muitos jogadores. As batalhas se tornaram ainda mais interessantes e as transformações de Ryu (o personagem principal) conseguiam deixar os players empolgados. Com certeza, um RPG épico!

Xenogears

Falando em RPG épico, não há como não citar Xenogears. O game, lançado pela Square em 1998, ainda é uma memória viva nas mentes de muitos jogadores. Aliás, podemos dizer que Xenogears foi um dos responsáveis por transformar os games em “coisa de gente grande”.

A história do game era tão complexa, que mesmo com os grandes combates e robôs gigantes, o jogador acabava preso aos diálogos e às reviravoltas do enredo. Sonhar com um remake de Xenogears é algo que os fãs ainda fazem, especialmente por conta do desejo de corrigir a parte final do game, que foi acelerada devido a problemas da equipe. Como seria lindo!

Medal Of Honor

O PS1 foi o “berço” de muitas franquias lendárias e Medal Of Honor é uma delas. Lançado em 1999, pela Dream Works, Medal Of Honor ofereceu uma nova visão em relação aos conflitos da Segunda Guerra Mundial. Essa visão foi arquitetada pelo lendário Steven Spielberg.

O game era um FPS emocionante, que colocava o jogador na pele do Tenente Jimmy Patterson. As missões eram complexas e toda a história do jogo se passava no contexto dos últimos anos da Segunda Grande Guerra. Esse é mais um jogo que possui todos os elementos necessários para figurar entre os melhores jogos do PS1.

Parasite Eve

Parasite Eve foi um jogo tão bom quanto curioso. Na época do seu lançamento (1998), o gênero survival horror estava no centro das atenções e a Square não quis ficar de fora dessa onda. No entanto, a empresa japonesa era conhecida por seus RPGs lendários e isso acabou mexendo com o projeto.

No fim, Parasite Eve acabou sendo uma criatura híbrida. Isto é, mesclando elementos de RPG e Survival Horror, o jogo ficava entre esses dois universos. A história de Aya Brea e sua luta contra monstros horrendos marcou a vida de muitos fãs.

Valkyrie Profile

Lançado em 1999, pela Enix, Valkyrie Profile foi um dos RPGs mais marcantes da era do PS1. O game conseguiu fazer com que as histórias se tornassem extremamente cativantes, forçando os jogadores a embarcarem em jornadas emocionantes.

Baseado na mitologia nórdica, o jogo mantinha seu foco em uma Valquíria, que voava pelos campos de batalha e coletava as almas dos guerreiros mortos para que eles pudessem batalhar no Ragnarok. Era um RPG de qualidade ímpar, com cenários incríveis, personagens complexos e momentos muito tocantes.

Vigilante 8

É incrível pensar que uma equipe de apenas 5 pessoas conseguiria gerar um jogo tão incrível como Vigilante 8. Na época, as equipes de desenvolvimento contavam com 20 a 30 pessoas. O fato é que, em 1998, a Activision, entregou ao mundo um game muito original, com carros cheios de armas.

A batalha entre Coyotes e os Vigilantes, que foi baseada em fatos reais, se tornou um ícone do PS1 e conquistou uma legião de fãs. O conflito era marcado por personagens carismáticos e máquinas armadas “até os dentes”. Um terceiro Vigilante 8 foi anunciado para o PS2, mas o projeto nunca viu a luz do dia. Uma pena!

Gran Turismo 2

A franquia Gran Turismo foi mais uma a nascer no PS1. Apesar de o primeiro título também ser um dos melhores jogos do PS1, foi em Gran Turismo 2 (lançado em 1999, pela Sony) que os jogos de corrida do console atingiram o seu potencial máximo.

O jogo era marcado pelos famosos testes de licença e pela infinidade de carros e marcas famosas. As corridas eram emocionantes, os cenários belíssimos e a emoção de pilotar uma máquina poderosa em alta velocidade conseguiu deixar marcas nas memórias dos fãs do automobilismo no mundo dos games.

Final Fantasy Tactics

A franquia Final Fantasy teve o seu auge no PS1. Contudo, apesar dos grandes títulos dentro do gênero RPG, Final Fantasy Tactics, um RPG tático, apresentou uma “nova pegada” e se tornou uma lenda. Lançado em 1997, pela Square, o game continua sendo uma memória viva na mente dos jogadores veteranos.

A jornada de Ramza, “O Herege” é uma das mais incríveis da história dos games. Temos traições, intrigas, conflitos, paixões.. temos tudo que um bom gamer poderia querer. Imaginar uma série baseada em Final Fantasy Tactics não seria exagero algum… Sonho!

Final Fantasy VII

E já que despertamos um monstro chamado Final Fantasy, nada melhor do que citarmos um verdadeiro divisor de águas no mundo dos games. Pois é! Final Fantasy VII, lançado em 1997, pela Square, foi o maior ícone de uma geração. O game fez com que a palavra épico tivesse um sinônimo virtual.

Com uma história complexa e personagens cativantes, o game conseguia deixar todos envolvidos do início ao fim. As batalhas eram incríveis, os diálogos perfeitos, os sistemas, mini games… Falar de Final Fantasy VII sem suspirar de emoção é um desafio que poucos fãs conseguem superar.

Legend Of Mana

Para arrematar a nossa lista com os 30 melhores jogos de PS1, temos uma lenda chamada Legend of Mana. Com suas histórias emocionantes e missões dotadas de um enorme apelo emocional, o game encantou muita gente. Chegando em 2000, graças à Square, esse jogo foi um marco no meu histórico gamer.

Sim, para encerrar a lista decidi apostar no meu jogo favorito. Essa aventura tinha gráficos que eram verdadeiras obras de arte. Os personagens eram cativantes e tudo acontecia de uma forma muito dramática. Os combates eram divertidos e não seria exagero “zerar esse jogo” pela oitava vez.

Os melhores jogos de PS1… e ainda ficaram faltando alguns…

Bem, essa foi a lista com os 30 melhores jogos de PS1, na visão da GamesMAX. Sim, eu sei que muitos jogos não apareceram na lista. Se fôssemos citar todos os grandes títulos, iríamos conversar até o fim dos tempos. Por isso, me limitei a apontar os destaques que marcaram a vida de muitos e a minha própria carreira como gamer.

Ainda assim, é bom lembrar que a GamesMAX é feita para todos os gamers. Por esse motivo, fique à vontade para comentar, citando os jogos que você gostaria de incluir na lista ou falando sobre as suas memórias com um desses jogos. E claro, não deixe de compartilhar o post. Desse modo, poderemos garantir que mais pessoas se juntem a nós nesse revival épico. O PS1 foi um tesouro para os gamers, vamos aproveitar e degustar nossas lembranças! Até mais…

Yohan Bravo

some text