Nintendo cumpre desejo de garoto com câncer terminal

Vídeo games são capazes de unir pessoas em busca de objetivos, de ensinar, emocionar, deixar com raiva, divertir e uma infinidade de coisas. Mas, algumas histórias, que ouvimos sobre o mundo dos games, podem emocionar até os jogadores mais “durões”. E é o caso desta história aqui.

Um garoto chamado Chris Taylor foi diagnosticado com câncer terminal, e os médicos falaram que ele teria apenas alguns meses de vida. Taylor percebeu que isso significava que ele não conseguiria jogar Super Smash Bros. Ultimate, que já tinha sido anunciado pela Nintendo e ele estava muito ansioso para jogar. Então ele compartilhou o medo disso acontecer no Twitter, e a história emocionou várias pessoas que decidiram ajudá-lo a entrar em contato com a BIG N.

Com a ajuda das pessoas, a história de Taylor chegou até a Nintendo e os representantes da empresa decidiram deixá-lo jogar Super Smash Bros. Ultimate antes do lançamento oficial. Eles apareceram na casa do garoto com um Switch e a demonstração da E3 do jogo.

Mesmo estando em uma situação muito difícil, Taylor ficou extremamente feliz em poder jogar o game antes de partir e compartilhou a sua felicidade no Twitter.

“CONSEGUIMOS, GALERA!

Hoje dois representantes da Nintendo vieram com a demo da E3 de Smash Ultimate e eu pude jogar por três horas com um amigo, meu irmão e minha mãe.

Eu tenho fotos para mostrar, mas caramba!

Obrigado a todos que fizeram isso por mim, vocês são os melhores.”

“Algumas fotos minhas, meu vizinho Benjamin e Zach jogando.

Muito obrigado, pessoal, isso significa muito para mim.”

Essa não é a primeira vez que a Nintendo faz isso. Há alguns anos, um outro fã, que também estava em fase terminal, queria jogar The Legend of Zelda: Breath of the Wild antes de partir. Então a empresa levou ele para sede da Nintendo of America e cumpriu o seu desejo de jogar o novo Zelda antes do lançamento.

Wellington Dantas

some text